sábado, 22 de setembro de 2012

r.

quem é você
bicho místico
de pelugem caudalosa
refletindo mil sóis
em sua íris caleidoscópica

quem é você
guardiã da minha intimidade
e da minha infância
cujo santo graal levas
no lado esquerdo do seu peito aberto

e repousa em pedras pontiguadas
cavando antigas esferas perdidas
e objetos sagrados
cultuados por civilizações antigas,
todos estes que pertenceram a mim

quem é você que
verte carne e espírito
a cada passo que dá
sobre a calma e vibrante relva
de um romance mediterrâneo?


Um comentário:

Rita Loureiro disse...

Onw o seu último texto foi pra mim :) volta teo! saudade de te ler