segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

um dos meus grandes medos - porque eu tenho vários mas nunca consigo me lembrar de nenhum - é dos meus impulsos/anseios artísticos não sejam tão fortes quanto eu desejaria que fossem. ao invés de artista, curador; ao invés de escritor, editor; ao invés de poeta, tradutor.

3 comentários:

bruniuhhh disse...

teno desse medo. tenho.

Haísa Lima disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rita Loureiro disse...

Eu sempre senti esse medo e depois eu percebi, que esses papeis são tão importantes e tão artísticos quanto os outros. porque vejo a criatividade como algo inerente ao homem e qualquer tarefa realizada com ela, é realizada por amor.