domingo, 20 de junho de 2010

Não ficção

Decepção é uma situação bastante ruim (não acho que seja um sentimento) e, nas últimas semanas, eu tenho estado um pouco por dentro dela. Me decepcionei com pessoas. É a mesma coisa: achar que elas eram uma coisa e, na verdade, eram outras. Na verdade, era achar que elas sentiam uma coisa, quando me deparei que elas aparentavam sentir ou nutrir outra coisa. Eu só me sinto seguro numa relação quando sinto que o bem-querer é mútuo e, normalmente, eu bem-quero as pessoas muito fácil. Não é difícil conquistar meu coração, nem minha amizade, fato. E, no fim das contas, eu passo a sentir muito pelas pessoas e cadê a reciprocidade? Cadê o correspondido? Quer dizer, elas não são obrigadas a isso, mesmo, mas as coisas até aqui foram melhores.
Eu não vou dizer que elas acabaram me decepcionando porque são superficiais. Não vou dizer isso; simplesmente, não é o tipo de coisa que quero pra mim. Estou sendo egoísta? Sim. Ser humano é ser egoísta, e não de uma forma ruim.

Me dá um desconto, moço, porque eu tentei fazer essa coisinha não parecer ficção.

Um comentário:

Bruniuhhh disse...

pq é tão ´facil bem-querer?
- nem smepre é bom.